APROESP Associação de Professores e Servidores Públicos do Magistério Oficial do Estado de São Paulo

Notícias

Coletividade: as regras de “ouro” para conviver bem

 

Existem muitas vantagens em viver em condomínio, principalmente, em Residenciais como o Altos Bela Vista e o Casa Grande, que vão oferecer uma ampla infraestrutura de lazer e proporcionar o importante sentimento de pertencimento aos moradores que os habitarão. Recorremos ao significado da palavra condomínio que ocorre quando existe o domínio de mais de uma pessoa, simultaneamente, de um determinado bem, ou partes de um bem, para listar alguns importantes cuidados que ajudam na preservação de uma boa convivência:

1 – Segurança

Foi suado. Nós sabemos o quanto cada um batalhou (e ainda batalha) pela conquista da casa própria. Portanto, não facilite a entrada de pessoas desconhecidas no condomínio sem autorização. Além dos funcionários, a sua contribuição é importante para garantir a segurança de todos.

2 – Barulhos

Nas ruas, no ambiente de trabalho e em outros espaços é mais fácil manter a calma com os ruídos que nos cercam, porém, quando voltamos para casa o que desejamos é ter um momento para descansar, relaxar e recuperar as energias. Respeitar os horários estabelecidos pelas normas do condomínio e, mesmo quando o horário estiver dentro do permitido, evitar fazer barulho e usar o bom senso é essencial para não incomodar os outros.

3 – Elevadores

É evidente que essa dica só serve aos futuros moradores do Residencial Casa Grande, que compreende duas torres (A e B) com 102 e 94 apartamentos, respectivamente. A regra para estes é simples: não “segure” o elevador. Se você está esperando alguém ou se por um acaso se esqueceu de algo, deixe o elevador seguir o seu curso natural, alguém pode estar com urgência. Quando precisar transportar animais, mudanças, caixas e compras de supermercado, use sempre o elevador de serviço.

4 – Áreas comuns

Como o próprio nome já propõe, são os espaços compartilhados entre os moradores, portanto, eles não devem ser alterados baseados em vontades individuais, a não ser que exista uma consulta e consentimento entre todos. Nem sempre o gosto dos habitantes combina. Além disso, manter a limpeza desses ambientes é responsabilidade, não só dos funcionários, como dos residentes. Vale a máxima “preservar para não restaurar”.

5 – Funcionários

De fato, parte do seu desembolso é destinado ao salário desses trabalhadores, por meio das taxas de condomínio. Isso não significa que eles são pagos para ser os seus funcionários. Trate-os com respeito, cordialidade e não peça para que eles façam serviços particulares, afinal, o bom funcionamento dos residenciais depende da disponibilidade deles.

Mas não se assuste! Estamos aqui não só para te ajudar a tornar o sonho da casa própria uma realidade, como para auxiliá-lo nessa nova etapa da sua vida. Conte conosco e conheça os empreendimentos da APROESP, através da APROESPCOOP, em parceria com a KSE Empreendimentos Imobiliários Ltda e a e a Vicon – Vitória Construções Ltda, respectivamente.

Quer viver em um ambiente harmônico? Associe-se à APROESP, que oferece uma série de benefícios aos seus associados por um investimento de R$ 32,02 mensais. Aos já associados, ACESSE AQUI o formulário de “Interesse de Compra”, primeiro passo para a aquisição.

Publicado em Notícias

Comente! (0) ↓