APROESP Associação de Professores e Servidores Públicos do Magistério Oficial do Estado de São Paulo

Notícias

Conheça 3 vantagens que só o Minha Casa Minha Vida oferece

 

E dois empreendimentos enquadrados no programa que oferecem até 27,5 mil de subsídios aos servidores interessados na aquisição da casa própria

O Minha Casa Minha Vida (MCMV) é o maior programa de acesso à moradia própria para pessoas de baixa renda no país. O sucesso do programa, que atingiu mais de 5 milhões de contratos ao longo de seus 10 anos de existência, passa por uma somatória de fatores, mas, ainda que seja considerado um dos projetos sociais mais eficazes da atualidade, existem dúvidas sobre o seu funcionamento.

Se você também sonha com a casa própria, é fundamental procurar informações a respeito da maior iniciativa de habitação popular do país e conhecer as vantagens que só ele oferece às pessoas. Confira três benefícios exclusivos:

Renda exigida para financiamento é menor

O objetivo do MCMV é facilitar o acesso à casa própria das pessoas que contam com uma renda mais baixa do que a exigida pelas financiadoras tradicionais. Para isso, um dos maiores benefícios do programa são as faixas de rendimento das famílias que ele compreende:

Faixa 1: famílias com renda até R$ 1.800,00;
Faixa 1,5: famílias com a renda entre R$ 1.800,00 e R$ 2.600,00
Faixa 2: famílias com a renda entre R$ 2.600,00 até R$ 4.000,00
Faixa 3: famílias com a renda superior a R$ 4.000,00 e até R$ 7.000,00

Taxas e juros mais acessíveis

Justamente por ser um programa habitacional focado no social, as taxas e juros são menores às praticadas no mercado. As cobranças são pensadas caso a caso, sendo determinadas de acordo com a faixa de rendimento do comprador. As famílias com a menor renda atendida pelo programa, que outrora não atendiam exigências realizadas pelas financiadoras, e que por isso tiveram que adiar o sonho da casa própria durante anos, pagam taxas, impostos e juros também menores.

Prazos maiores de pagamento e amortização como opção

Para gerar maior segurança ao comprador, é possível quitar o financiamento do imóvel em até 35 anos.

Isso não significa, porém, levar todo esse tempo para quitar a dívida, e nem que o valor das parcelas precise ser necessariamente o mesmo até o fim.

Tudo depende da organização e condição financeira do adquirente.

Existe a possibilidade de amortização, que nada mais é do que um adiantamento do pagamento do imóvel, e ainda a possibilidade de utilização do FGTS com esse propósito de reduzir o tempo de financiamento.

Agora que você já sabe quais são as vantagens deste programa, conheça o Residencial Casa Grande e o Altos Bela Vista – dois empreendimentos em Taubaté que são enquadrados nas regras do MCMV – e que oferecem ainda subsídios cumulativos com o Casa Paulista aos servidores públicos estaduais associados à APROESP.

O Condomínio Altos Bela Vista, com 34 casas térreas, é uma iniciativa da APROESP junto à KSE Empreendimentos Imobiliários Ltda.

O Residencial Casa Grande está sendo construído pela parceira Vicon – Vitória Construções Ltda. e compreenderá 196 apartamentos em duas torres.

Publicado em Notícias

Comente! (0) ↓