APROESP Associação de Professores e Servidores Públicos do Magistério Oficial do Estado de São Paulo

Notícias

Descubra as vantagens de comprar um apartamento na planta

imagem meramente ilustrativa

 

O tão aguardado dois mil e dezenove – ano de grandes realizações – já chegou batendo à nossa porta. Hm, mas será que de fato foi ‘à nossa’? É, porventura eu tenha me expressado mal, talvez as batidas tenham se dado apenas à porta de terceiros, pelo menos por ora, caso você não tenha aquilo que há por detrás dessa estrutura. O investimento nela, a tão sonhada casa própria, deve caber no bolso e atender às exigências da família e, para inserir-se nesse contexto, há uma grande oportunidade: comprar o imóvel na planta.

Para início de conversa, um imóvel na planta nada mais é do que uma edificação que ainda não foi construída, mas que já conta com todo um planejamento para a sua construção. Mas fique tranquilo(a), para garantir a sua segurança, há um prazo estipulado para a entrega das chaves.

Tomamos como exemplo o Residencial Casa Grande, uma iniciativa da APROESP em parceria com a Vicon – Vitória Construções Ltda., para apresentar algumas das vantagens (veja bem, não são todas) em adquirir imóveis na planta:

Menor valor

Estima-se um desconto entre 20% e 40% nos imóveis comprados na planta, em comparação a outros com a mesma característica, mas já construídos. O fator que mais influencia no preço de imóveis, na planta ou pronto, está relacionado à valorização do empreendimento ao término das obras.

Potencial de valorização

De empreendimentos comerciais à residenciais, passando por terrenos ou loteamentos, imóveis são, historicamente, uma das formas mais tradicionais de investimento no Brasil. Segundo números do IBGE, existe um déficit habitacional no Brasil de 5,5 milhões de residências (CBIC Dados, Fundação João Pinheiro; Déficit Habitacional no Brasil, 2015). Este fato, somado ao aumento populacional, gera um aumento consistente na demanda por imóveis. O impacto deste crescimento da procura é uma valorização dos imóveis existentes, já que o setor da construção civil não consegue produzir o suficiente para atender toda a demanda.

Instalações mais modernas

Em conformidade com as últimas tendências na área da construção civil, imóveis deste tipo contam com instalações mais modernas, afinal, tudo acabou de ser erguido do zero, ‘novinho em folha’. Você pode ficar tranquilo(a) quanto às manutenções, por exemplo, que não serão necessárias por um bom tempo, já que toda a estrutura, elétrica, hidráulica e acabamento, é bem recente.

Condições flexíveis de pagamento

Os programas habitacionais Minha Casa Minha Vida e Casa Paulista do Servidor Público permitem, aos requerentes, condições facilitadas de pagamento. Parcelas baixas que, em muitos casos, são menores que o valor do aluguel. Neste caso [Res. Casa Grande], os subsídios para Servidores Públicos podem chegar até R$ 40 mil. Além disso, você pode utilizar o seu FGTS como entrada do financiamento.

Aos interessados, o que fazer?

O primeiro passo é associar-se à Aproesp, que oferece uma série de benefícios. Acesse aqui, preencha o formulário no site e faça parte da família Aproesp.

Publicado em Notícias

Comente! (0) ↓