APROESP Associação de Professores e Servidores Públicos do Magistério Oficial do Estado de São Paulo

Notícias

Primeiro imóvel: o que avaliar para fazer uma boa aquisição?

 

A satisfação pode ser definida como um estado de entusiasmo, de um prazer resultante da realização de metas e objetivos muito almejados. Particular, ela se manifesta em diferentes níveis, mesmo em indivíduos que pleiteiam algo em comum, porque está diretamente ligada ao grau de expectativa de cada um em relação ao seu propósito. Isso significa dizer que satisfazer-se para um pode ser totalmente diferente do que é para o outro.

Quando se fala em casa própria, se fala de um destes objetivos comuns para milhares de brasileiros. É uma meta de vida, e por isso, exige muito esforço e uma série de precauções para que o resultado seja o mais satisfatório possível – e para que se chegue lá. Por isso, antes de assumir compromissos duradouros como são os financiamentos imobiliários, alguns fatores devem ser levados em consideração, para que não haja qualquer arrependimento e, principalmente, para que se alcance algo que perdura mais do que um momento de satisfação: a realização.

Atender às necessidades

Antes de qualquer outra coisa, seja para você, seja para a família, o imóvel deve corresponder às expectativas do (s) envolvido (s) no processo de compra. O tamanho da propriedade, a aparência, a qualidade da construção e dos acabamentos são alguns destes aspectos. É preciso se sentir bem.

Localização

Para aqueles que precisam estar próximos aos centros urbanos, onde se concentram as atividades comerciais e financeiras, a localização de um imóvel deve ser pensada de forma estratégica. Estar próximo a tudo é, sem dúvida nenhuma, um importante passo para aqueles que buscam reduzir o tempo de deslocamento para garantir mais horas para o lazer e para a família.

Segurança

É importante dar atenção à segurança, que pode estar intimamente ligada à localização do imóvel. Geralmente, há mais tranquilidade para os moradores que residem em condomínios de casas e/ou apartamentos do que entre aqueles que habitam residências em bairros abertos, mas isso não é uma regra, e nem deve ser. Os que residirão em condomínios de casas e/ou apartamentos também devem se atentar a essa questão, certificando-se junto à vizinhança se a região é segura e buscando entender o funcionamento do controle de entrada e saída de visitantes nas portarias.

Bom negócio

Parece óbvio, mas não é. Em meio ao boom de ofertas, de milhares de anúncios que prometem o melhor dos investimentos, o efeito, sentido por aqueles que recebem essa publicidade massiva, pode ser justamente o contrário: se sentem perdidos. Por isso, não se deve omitir, ou se esconder por trás de banners bem elaborados aquilo que é o mais importante para aqueles que sonham com a primeira casa própria: a informação, os pingos nos is.

Conheça os empreendimentos Condomínio Altos Bela Vista e Residencial Casa Grande, da APROESP, em parceria com a KSE Empreendimentos Imobiliários Ltda e a e a Vicon – Vitória Construções Ltda que, por meio dos programas habitacionais Minha Casa Minha Vida e Casa Paulista, oferecem subsídios de até R$ 27.500 para servidores públicos estaduais associados à entidade.

ACESSE AQUI e saiba mais sobre esta iniciativa que tem como objetivo tornar a primeira moradia acessível às famílias que contam com menos recurso financeiros.

Publicado em Notícias

Comente! (0) ↓